Que alegria é essa?

Viviane Freitas

  • 25
  • Out
  • 2012

Que alegria é essa?

  • 25
  • Out
  • 2012

A sua alegria tem sido circunstancial? Depende daquilo que tem? Depende do lugar onde está? Depende das pessoas com quem está?…

Depende da música que ouve? Depende de elogios? A sua alegria é como a onda do mar, que vai e vem, conforme a ondulação?

Ou a sua alegria é eterna, constante… Flui do interior para o exterior; não depende de nada e nem de ninguém?

Quantas não são as pessoas que vivem nesta aparente alegria… Precisam de algo externo, palpável ou audível para obterem alegria.

Por vezes, alimentam o pensamento de que só vão ser completas quando realizarem os seus objetivos: Quando se casarem, alcançarem a casa dos sonhos, o carro topo de gama, etc. Iludem-se que, desta forma, serão finalmente felizes e realizadas.

Você tem o direito de ter tudo isso, e muito mais, mas não acha que almejar isso só para obter prazer e alegria, é um pouco egoísta? Fique sabendo que esses objectivos (casa, carro, etc.) são passageiros, e um dia, puff… desaparecem.

Mas quando você tem o objectivo Maior de agradar a Deus e viver de acordo com a Sua vontade, a visão muda… Alcança-se muito além do que é passageiro. Quando se vive pela fé, acontece o que aconteceu com o casal, Zacarias e Isabel:

“E terás prazer e alegria, e muitos se alegrarão no seu nascimento…” (Lucas 1:14)

Isabel era uma mulher estéril, e naquele dia Zacarias foi escolhido para apresentar as ofertas do povo de Deus. Ali estava ele, dentro do Santuário, orando pelo povo, quando lhe apareceu um anjo e lhe anunciou a boa nova: Ele e Isabel iam ter um filho…

No entanto, por causa das suas vidas permanecerem justas diante de Deus, esse casal não recebeu apenas um filho, mas João Baptista, que iria preparar o povo para a vinda do Salvador. Era a resposta às suas orações: a Salvação do povo.
As orações desse casal de fé, não eram para receber um filho, somente… O principal objectivo era a salvação do povo de Deus, por isso, quando Deus responde, esse prazer e alegria não são para o meu egoísmo, mas para um propósito muito maior: Proporcionar alegria a outros… muitos outros.

A sua alegria é influenciada, ou influencia a muitos, como dizem as Escrituras?