Aproximação

  • 3
  • Jul
  • 2011

Aproximação

  • 3
  • Jul
  • 2011

O que me fez aproximar da Ana?

Quando atendi ela para uma entrevista do Sisterhood. Atendi e vi sua sinceridade.

E sabe que as vezes a nossa própria sinceridade nos faz agir de forma errada ao que estamos alimentando dentro de nós. Faz nos defender a ponto de buscar “culpar a uma outra pessoa”.

No momento em que conversávamos tratei de mostrar que enquanto esperamos a mudança ou acusamos uma outra pessoa, ficamos parados e olhando com maus olhos. Enquanto a história podia se reverter quando ela mesmo mudasse seu jeito de pensar e olhasse o outro alguém como uma alma, que é cheio de falhas como ela, como todos nós, o que gostaríamos que fizessem conosco?

Nos ensinassem como agir não com palavras mas com a sua vida. A vida dela seria a classe de aula para o outro alguém.

Ela aceitou de imediato. Na próxima semana ela confrontou seu próprio orgulho diante de uma série de pessoas. Para mim, ela foi valente e não ficou assim… Ela deu frutos a ponto de hoje ser uma Treinadora da Mulher V.

Ela marcou a minha vida no próprio atendimento, não pelo o que ela apenas fez mas da forma a qual Deus falou naquele dia. Foi muito forte!

Entendi o seguinte sobre essa história…. somos nós que fazemos de amigos. Na nossa flexibilidade em aceitar a verdade e corrigir nossos próprios erros nos faz aproximar e ganhar credibilidade com Deus e com os demais.