Obreira: Obreira com sinais de acomodação!

Luisa Teixeira

  • 16
  • Out
  • 2014

Obreira : Obreira com sinais de acomodação!

  • 16
  • Out
  • 2014

No artigo da semana passada falávamos sobre alguns sintomas que evidenciam que a Obreira está em perigo de perder a sua salvação, e hoje, pensando no comportamento de algumas obreiras, que demonstram claramente que estão no caminho da acomodação, venho desmascarar abertamente os sinais desse problema gravíssimo.


Sinais de acomodação no serviço da Obra de Deus

  • Deixa de ver as pessoas como almas, por isso o atendimento é superficial, não vai fundo;
  • Tem pressa no atendimento. Apenas fala: “Faça a corrente de oração. Deus vai abençoar”;
  • Não tem paciência para ouvir e orientar com sustentabilidade;
  • Não assume a responsabilidade de cuidar das pessoas que se chegam até ela;
  • Não liga mínima às pessoas que chegam pela 1ª vez, pensa que essa é uma responsabilidade do pastor;
  • Nunca tem palavras positivas a respeito de si mesma e nem de quem atende;
  • Sempre vê problemas no povo e tudo é muito difícil.

 

Outros pontos graves de sintomas de acomodação:

  • Se distancia dos companheiros;
  • Mantém amizades com quem não está no mesmo espírito;
  • Tem conversas fúteis sobre a Obra de Deus;
  • Fala mal do pastor ou de uma outra companheira;
  • Queixa-se da sua situação quando é repreendida;
  • Só fala de coisas materiais, nunca tem nada para passar de espiritual;
  • Foge sempre das responsabilidades, sempre gosta de mandar;
  • Fica sempre a empurrar as coisas para os outros;
  • Fica sempre de cara amarrada, sinal de insegurança;
  • Vê o erro do companheiro e encobre. Não tem coragem para falar a verdade;
  • Todas as atitudes que toma só ela é que está certa;
  • Só pensa neles, não cede em nada;
  • Não respeita o trabalho de ninguém

Se porventura detetou que existe algum desses sintomas no seu viver, então fique em alerta e mude a sua postura urgentemente. Não se deixe enganar pela sua própria vontade, mas seja sincera e arrependa-se.

Que fique bem claro que ninguém poderá fazer nada por si. Como assim?

Você é a única que tem nas suas mãos o poder de mudar a sua situação, através das suas escolhas. É você quem decide a partir de agora se vai continuar a alimentar esses sinais dentro de si, ou arrancá-los de uma vez por todas.

A decisão é sua! Lembre-se que palavras não resolvem, ou o simples fato de ter consciência de que está errada também não é a saída, mas a sua Revolta e ódio do seu estado, é que a fazem provocar frutos dignos de arrependimento.

“Produzi, pois, frutos dignos de arrependimento…” Lucas 3.7

Repare que está escrito: “Produzi”, ou seja, ninguém pode produzir por mim. Sou eu que tenho que agir e começar a tomar atitudes de arrependimento.

Pense nisso e deixe o seu comentário sobre o que pensa sobre este artigo.