Obreira: Obreira isolada…

Luisa Teixeira

  • 23
  • Out
  • 2014

Obreira : Obreira isolada…

  • 23
  • Out
  • 2014

Mais um artigo para que cada obreira faça a sua introspeção, analise o seu estado e sobretudo reverta o seu quadro.


Não apenas com palavras, como infelizmente temos assistido no caso de muitas, que dizem: “Eu vou mudar, eu não quero mais ser assim” e até oram muito pela transformação…

Na realidade falam muito, mas são de poucas ou nenhumas atitudes. Importa que fique esclarecido aqui que se você é uma dessas, que diz que vai mudar, que ora muito pela mudança, e não converte o seu caminho errado, então as suas palavras e orações não passam de fogo de palha. Pois nada disso adianta se não for acompanhado de ações em prol desse objetivo. Ficou claro?

Hoje vamos falar da obreira isolada e quais as razões desse comportamento:

[starlist]

  • Ela acha-se melhor que qualquer outra;
  • Só ela é que é espiritual;
  • Se tem uma responsabilidade, vê-se no direito de impor uma distância entre ela e as demais companheiras de Obra;
  • É intransigente e começa a dar ordens, sem perceber que o único direito que tem é o de servir e não o de ser “chefe”;
  • O seu pensamento é de que só as suas ideias é que são válidas;
  • Porque não quer submeter-se à autoridade;
  • Porque quer esconder algo – Tem um pecado escondido, ou então porque tem muitos planos pessoais e não quer abrir mão do seu tempo para investir na Obra de Deus.

[/starlist]
Diante do que leu, talvez o seu pensamento foi direto para alguém que conhece e que precisava de ler este post. Dentro de si disse: “Aquela fulana é assim desse jeito!” Cuidado! Esse pensamento não é puro, pois tudo o que está aqui escrito é para si e para mim, de forma a que vigiemos a todo o instante a nossa postura como servas de Deus.

Lembre-se: “Aquele, pois, que pensa estar em pé veja que não caia.” (ICorintios 10:12)