Dar-se a conhecer

Viviane Freitas

  • 7
  • Jun
  • 2013

Dar-se a conhecer

  • 7
  • Jun
  • 2013

Transparência – Uma virtude de poucos

A transparência é uma virtude que impede qualquer ocultação, seja de vantagens ou desvantagens pessoais.

Através da transparência, a pessoa mostra-se na sua real condição, sem exageros, seja para o melhor ou para o pior.
Através da mesma, passamos a conhecer-nos e policiar-nos.

“Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! Entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus.
Muitos, naquele dia, hão de dizer-me: Senhor, Senhor! Porventura, não temos nós profetizado em teu nome, e em teu nome não expelimos demónios, e em teu nome não fizemos muitos milagres?
Então, lhes direi explicitamente: nunca vos conheci. Apartai-vos de mim, os que praticais a iniquidade”
. (Mt. 7:21-23)

Estes versículos referem-se a algo muito sério: Mostram que as obras não significam que nos demos a conhecer a Deus. E o trecho mais forte, resume-se nestas palavras: NUNCA VOS CONHECI.

Temos como exemplo, os que servem ao diabo: Eles também têm obras, operam supostos “milagres”… Mas isso não significa que conhecem a Deus.

Muitos estão enganados, achando que O conhecem, baseando-se nas suas obras. Mas o próprio Deus diz: Nunca vos conheci. E aqui reside, justamente, a gravidade da situação.

Mas porque é que Deus fala assim?

Porque a própria pessoa não se dá a conhecer a Ele!

A sua falta de transparência é, na realidade, um orgulho que alimenta, porque prefere esconder o seu real estado.

Pensa que, falando somente com Deus conseguirá superar, mas esquece-se que, para a entrega do Filho de Deus ser completa, Ele teve que ficar NÚ à frente de todos! Ele, sim, é um exemplo de transparência.

Amiga leitora, Deus é transparente! Ele dá-Se a conhecer a todos. E, para que nós possamos chegar até Ele, também temos que nos dar a conhecer…

Se prefere ficar no “seu canto”, achando que, excluindo-se, escondendo-se atrás do trabalho e fazendo tudo “direitinho”, não será confrontada… Saiba que você é uma forte candidata a ouvir da boca de Deus: Nunca vos conheci!

E como pode dar-se a conhecer?

Primeiro, tem que saber quem você é: Andar em auto vigilância constante, aprender a “enxergar-se”…
Ver nas críticas negativas a seu respeito, uma oportunidade para uma análise interior, e descobrir mais sobre si.

Pondere a sua real situação, exponha-a diante de Deus, busque n’Ele, e, se preciso for, procure a ajuda de alguém que já venceu o seu “eu”. Essa sim, poderá ajuda-la!