21 dias de Jejum – 12º Dia

Viviane Freitas

  • 4
  • Out
  • 2013

21 dias de Jejum – 12º Dia

  • 4
  • Out
  • 2013

Não vos conheço!

Estamos de volta! Hoje é o 12º Dia do Jejum de Daniel. “Alegra-te mulher”, porque estes dias em que nos ausentamos do “mundo”, preparando-nos para ouvir a voz de Deus e reparar os nossos erros, estamos a avançar em relação ao que é Mais Importante. Por isso, prepare-se! Estamos a vestir-nos, tal qual uma virgem prudente que se prepara para o seu Senhor.

E não só agora, mas permanecermos disponíveis para ficarmos apercebidas ao longo da nossa vida.

Vamos dar continuidade ao livro de Mateus, capítulo 25:


“Mais tarde, chegaram as virgens néscias, clamando: Senhor, senhor, abre-nos a porta!
“Mas ele respondeu: Em verdade vos digo que não vos conheço. Vigiai, pois, porque não sabeis o dia nem a hora.”
(Mt.25:11-13)

Eu já vi isto diante de mim na Obra de Deus: Pessoas que estavam no nosso meio a clamar por uma oportunidade… E digo isto, relativamente à Obra, porque quando temos um compromisso com Deus no Altar, é muito sério, pois não se baseia em interesses ou obrigações. Mas vive-se!

E todos nós vamos prestar contas do que fazemos; de todas as ações e decisões.

E você também! Independentemente de estar na Obra de Deus, ou não, dará contas, no Dia do Juízo, de tudo aquilo que fez relativamente ao que aprendeu.

As néscias clamaram, mas não foram ouvidas, e sequer conhecidas, mesmo tendo sido virgens, e com azeite nas suas lâmpadas. Porquê? Porque, na verdade, o azeite na lâmpada apenas por um tempo, não é suficiente para se dar a conhecer a Deus. Isto só acontece quando há entrega! Quando tira a “capa” de religiosa, de falsa, e assume, de fato e de verdade, os seus erros, percebendo-os e corrigindo-os.

Clamaram a Deus, e Ele não mudou de ideias… Perderam a oportunidade!

Quando Deus vier por nós, quem não estiver a vigiar, por falta de compromisso, perderá a sua chance.

Quem vigia, leva o seu compromisso com Deus a sério, e, com temor – embora não sendo perfeita – percebe os detalhes, reconhecendo onde erra e o que não lhe convém, na sua forma de pensar, agir, olhar…

Quem vigia é porque tem temor a Deus e considera o Senhor Jesus.

Fica bem claro que Deus não age mediante qualquer sentimento, e simplesmente diz:”…não vos conheço…”.

Amiga, aproveite estes 21 Dias e daqui para a frente, dê-se a conhecer. Quando falar com Deus, expresse quem é, e o que está dentro de si. Não são palavras que ouve e repete, mas provenientes do seu interior.

Quando faz uma declaração de amor ao seu marido, pai, mãe, não repete palavras como: “Amo-te tanto, amo-te tanto, amo-te tanto…”. Não! E assim é com Deus: Fala, expressando o seu verdadeiro amor, de acordo com o que está dentro de si, avaliando e apercebendo-se das suas imperfeições. E quando age desta forma, vê o quão maravilhoso Ele é, pela Sua paciência; através do zelo para consigo

Tendo a oportunidade de dizer a verdade e expor a sua situação para Ele, mas não se preparando e levando a vida à vontade, chega uma hora em que a porta se fechará e perderá a sua chance.

Vamos “agarrar” esta oportunidade, pois todos nós temos como mostrar, a cada dia, o nosso temor, amor consideração e vigilância para com Ele.

Ficamos por aqui e amanhã estaremos de volta.

Um grande abraço.