21 dias de Jejum – 10º Dia

Viviane Freitas

  • 2
  • Out
  • 2013

21 dias de Jejum – 10º Dia

  • 2
  • Out
  • 2013

Independência

Olá a todos os internautas do Blog, é um prazer muito grande estar aqui com vocês, que têm acompanhado desde o início e perseverado. Começou, e vai até ao fim, ainda que diga: “Não tenho como dar continuidade, pois não tenho computador”.

Minha amiga, quando quer, você pode! Convidando uma amiga; ficar em um lugar que tenha acesso à internet, etc. Faça por onde, porque estamos aqui para lhe dar um auxílio, mas não podemos fazer por si, a parte que lhe compete. Mas, se a fizer, o seu desafio é o nosso desafio!

Continuamos a falar sobre as dez virgens:

“E, tardando o noivo, foram todas tomadas de sono e adormeceram. Mas, à meia-noite, ouviu-se um grito: Eis o noivo! Saí ao seu encontro! Então, se levantaram todas aquelas virgens e prepararam as suas lâmpadas.E as néscias disseram às prudentes: Dai-nos do vosso azeite, porque as nossas lâmpadas estão-se apagando. Mas as prudentes responderam: Não, para que não nos falte a nós e a vós outras! Ide, antes, aos que o vendem e comprai-o.” (Mt.25:5-9)

Veja que as prudentes, parece que não tinham coração. E é verdade. A fé não tem coração; não tem sentimentos, mas é justa!

Qual é o erro da néscia?

Não trouxe azeite extra, e queria usar o da prudente, só que se esta o emprestasse, com certeza faltaria para ela mesma. E acontece que muitas pessoas habituam-se a depender de alguém que cuida delas, que as orienta. E você não pode ser assim. Deve depender de Deus!

Lembra-se de um versículo que adverte, que o justo viverá pela sua fé?

Pois é, mas há muitas pessoas que permanecem injustas para Deus, mas que desejam alcançar os benefícios da fé.

Para Deus é justo que viva pela sua fé: Ler a Bíblia, meditar, reparar os seus danos e dificuldades, perseguir e “cortar” o que tem feito de errado, etc.

Estas são as prudentes. São as que retêm e trazem consigo o azeite. Já aqueles que ficam à espera que este termine, ou seja, que recebem um conselho, e depois, quando vêm outras dificuldades, ficam a faltar o incentivo e a direção, e novamente têm que voltar a ser direccionados por outra pessoa… Por favor, minha amiga!

Estamos a fazer estes 21 Dias para que seja independente na sua fé, e não para que dependa de mim. Faça discípulos, e seja outra “Viviane”; outro “Bispo Macedo”, e não ouça apenas as mensagens, aprecie as mesmas, e pare por aí, porque isso não identifica o Espírito de Deus.

Deve ser prudente e “correr”! Se recebeu a mensagem, amén! Continuarà a aprender, mas isso não a pode tornar dependente de uma direção. O Espírito Santo está aí consigo, à espera que fique em sintonia com Ele. Se está aflita, ele está presente, se está feliz, Ele também é consigo. À espera de uma oportunidade! Não pode depender de ninguém.

Eu fico triste de ver as pessoas com uma vida triste, limitada, dependente de outros… Quero que seja independente, pois pode ter a luz que vem de Deus. Como? Procurando, “indo atrás”, meditando, “fazendo” tempo. Não é isso que tem feito nestes 21 Dias, reservando tempo para Deus, não se distraindo com nada alheio, senão com a fé, pensando nas coisas de Deus?

Então, nessa procura, pergunte a si mesmo, exponha as suas limitações, fale diretamente com Deus. Não dependa de terceiros.

Seja prudente e não espere azeite de ninguém, mas acenda a sua candeia… Sabe quando me torno independente? Quando não fico à espera da aprovação de ninguém, mas lanço-me e rendo-me aos ensinamentos e instruções do Senhor Jesus.

Mesmo sendo instruída por terceiros, em relação ao que “não vejo”, não significa que fico na dependência de outros.

Não referimos ontem e na segunda-feira, mas hoje falaremos sobre o perfil de Deus, que inclui a obediência. E isto não está ligado à dependência, pois o obediente luta por si próprio: Ora, lê a Bíblia, jejua, faz os seus propósitos, medita, exige resultados da sua fé, do que prega e ensina. Quer ver resultados daquilo que professa e contemplar a glória de Deus na sua própria vida.

Isto é ser prudente!

Até quando sera “néscia”, permitindo que lhe falte o “azeite”, permanecendo “apagada”? Até quando estará dependente de terceiros, para lhe darem uma direção?

Você, com o Espírito Santo, terá essa direção. Se O tem, creia! Se não O tem, pode encontrá-Lo através da sua sede, entrega, e audácia em expor para Deus o que está no seu interior.

Faça a sua oração neste momento e seja sincera.

Amanhã estaremos de volta.