Obreira sem transparência

Luisa Teixeira

  • 31
  • Out
  • 2013

Obreira sem transparência

  • 31
  • Out
  • 2013

Uma vez mais, vejo a clara necessidade de falar sobre a importância do testemunho, pois tenho visto no seio das obreiras, alguns falsos testemunhos.


Dizem-se testemunhas de Cristo, mas não dão testemunho verdadeiro, no seu quotidiano!

Obreiras que se mostram muito espirituais, fazem atendimento, expelem demónios, falam de forma “santa”, com voz doce e baixinha, que são, entretanto, um péssimo exemplo dentro da sua casa, para com os seus entes queridos. Dentro da igreja portam-se eximiamente, lá fora, porém, longe das vistas dos outros, agem tal e qual um céptico. E o pior é que ficam cegas, de tal forma, julgando que as suas atitudes, por vezes vergonhosas lá fora, são perdoadas, pelos feitos que realizam como obreiras.

O que motiva esse desnível espiritual é o fato de que as Obreiras, no exemplo referido, por pensarem que estão sendo muito usadas pelo Espirito Santo na Obra de Deus, acham-se senhoras de si mesmas. Com isso, tentam colmatar o vazio que carregam. Estão ocas e tristes por dentro, mas quando são questionadas sobre o seu estado, têm coragem de esconder, dizendo que está tudo bem.. Não são sinceras com o pastor, têm medo de expor.

É muito sério este assunto, e é uma triste realidade! O que é mais grave é que as suas vidas estão em chamas, não do fogo de Deus, mas sim de outro tipo de fogo eterno.

No artigo de hoje, pretendo sobretudo, alertar para a necessidade de ser transparente, de não viver às ocultas, tentando aparentar uma imagem que não condiz com a verdade a seu respeito. É importante que fique ciente de que o fato de estar a ser usada por Deus, não atesta uma santidade diante de Deus. Lembre-se que Ele usou uma jumenta para falar com Balaão, e nem por isso esse animal era puro e santo.

Ao ler este artigo, você enxergou-se, e agora, como resolver?

Peço-lhe um favor, que na verdade é para si mesma. Não perca mais tempo, concerte-se imediatamente com Deus, use de transparência. É preferível sofrer agora e humilhar o seu orgulho, do que não ser reconhecida diante de Deus. Não tenha reservas!

Talvez diga: Mas eu não quero sair de Obreira! Na verdade, agindo assim, você já não é obreira do corpo de Cristo, apenas tem nome e uniforme.

Depois, o que mais ouvimos é que a vida de quem se comporta dessa forma, não progride em área nenhuma. Tudo fica amarrado, nada avança. Como poderá haver honra, se não tem honrado a Deus, com um testemunho transparente?

“…aos que Me honram, honrarei, porém, os que Me desprezam serão desmerecidos.” (1 Samuel 2.30).

A sua vida é a imagem do senhor a quem tem servido. É você que toma a decisão e faz a sua escolha.

O que a impede de ser transparente?

O que tem a dizer sobre este assunto? Deixe o seu comentário…

Siga-nos: http://www.facebook.com/obreiros.em.foco.europa