Obreira perseguida

Luisa Teixeira

  • 24
  • Jul
  • 2014

Obreira perseguida

  • 24
  • Jul
  • 2014

O artigo para as obreiras está de volta, depois dos últimos dias, em que vivemos acontecimentos únicos, em nossa vida.


Foram dias de meditação na Palavra de Deus, através da 40tena “Ser um com Ele”; foram dias gerando o Extraordinário, e que também ficaram marcados pela inauguração do Templo de Salomão, um dia que fez história, principalmente dentro daqueles que, de verdade, se prepararam para o mesmo. Assim creio!

E dando continuidade à série das Bem-aventuranças, hoje vamos falar sobre aqueles que são perseguidos por causa da justiça:

“Bem-aventurados os perseguidos por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus.”
(Mateus 5:10)

Mas, afinal, que justiça é essa?

Diz respeito à verdade, à palavra, à integridade, à dignidade, ao caráter; tudo o que é contrário à injustiça deste mundo. É por essa razão, que aqueles que vivem a justiça, são perseguidos, porque os que são contrários à mesma, não aceitam o confronto, e a verdade é-lhes muito dolorosa.

E Jesus disse, que os primeiros a levantarem-se contra nós, seriam os da própria casa, então, não se surpreenda, se aqueles que lhe são mais próximos, e que vivem na injustiça, ou seja, na mentira, na vaidade, baseados no egocentrismo, se levantem contra si… Antes, considere-se uma bem-aventurada!

Perante tudo isto, é importante que observe se tem sido essa Obreira que vive na justiça. Ou é aquela que, diante das dificuldades, das perseguições, e, principalmente, diante da sua própria verdade, sempre se vê injustiçada, não aceitando ser moldada? Porque, se se vê dessa forma, é porque não há justiça no seu viver! Por conseguinte, não pertence ao Reino dos Céus.

Perceba a importância de ser verdadeira, ainda que tenha que pagar um alto preço!

Espero o seu comentário, e o seu pensamento, registados no artigo de hoje.

Um abraço cheio de saudades!