Obreira: Obreira que deu brechas…

Luisa Teixeira

  • 4
  • Dez
  • 2014

Obreira : Obreira que deu brechas…

  • 4
  • Dez
  • 2014

Hoje venho relatar um acontecimento muito sério e que silenciosamente tem feito parte da vida de muitas obreiras.

Mas antes de descrever a situação, gostaria que ficasse claro que tudo o que expomos aqui, é para que haja temor e tremor no nosso meio, pois a obra de Deus é muito séria! E aquilo que por vezes presenciamos, é que com o passar do tempo, a tendência de muitos é permitir que o esfriamento aconteça no seu relacionamento com Deus, e é precisamente aí que passam a existir pequenas brechas, que dão acesso à grande queda espiritual, colocando assim a salvação em risco.

Por essa razão é que estes artigos existem, para que os olhos espirituais sejam abertos, antes que seja tarde demais.

Esta semana tomei conhecimento de um caso de duas obreiras, muito amigas, que sempre partilhavam as suas experiências uma com a outra e, com o tempo, uma delas foi permitindo essas tais brechas no seu interior, por causa dos seus maus olhos, da sua vontade pessoal e sobretudo porque se estava a ver sobrecarregada com muitos afazeres. A sua amiga foi ajudando enquanto pôde, foi ouvindo os seus desabafos e até tolerava as suas atitudes injustas para com a obra de Deus. O que podemos extrair dessa situação?

Temos dois pontos graves neste triste episódio:
– A obreira que se deixou levar pelos seus sentimentos;
– A Obreira que não foi corajosa para dizer a verdade à amiga, antes tolerou a situação.

Como agir nesta situação? Pergunta você…

– O correto seria, depois de ajudar a amiga, se visse que ela não estava a dar ouvidos, levar imediatamente o caso ao pastor responsável para que pudesse agir a tempo. Talvez pense: mas isso não é ser traidora da pessoa que confiou em mim? Claro que não! Isso é lutar pela Obra de Deus e pela alma da sua amiga, ainda que ela não goste.

Diante deste episódio, o que proponho é que avalie o seu procedimento, pois de nada adianta fazer sacrifícios para Deus, se não tiver coragem para ser verdadeira, para lutar pela causa da Obra de Deus. Se porventura conhece alguém que esteja nesse patamar e não tem feito nada, saiba que o seu caso é ainda pior que o dela, por isso não permita que esse problema se arraste, tome uma atitude o mais rápido possível.

Será que conseguiu entender o que este artigo lhe pretendeu transmitir?