Obreira: Bonita por fora… Mas como está por dentro?

Luisa Teixeira

  • 25
  • Abr
  • 2013

Obreira : Bonita por fora… Mas como está por dentro?

  • 25
  • Abr
  • 2013

Esta semana fui ao encontro de uma Obreira, para lhe perguntar se estava a ler os artigos que publicamos todas as 5º feiras direccionadas às Obreiras.


E, para meu espanto, ela respondeu-me de uma forma tão amarga e insolente…

Quando me deparei com a sua atitude, fiquei surpresa, pois ela aparentava ser uma pessoa agradável, com um semblante simpático, mas as suas palavras demonstraram o contrário. A sua resposta foi imediata: Disse que não tinha acesso à internet em casa, e que no seu local de trabalho apenas “passava os olhos” por alguns blogs.

Na realidade, o que ela respondeu não foi o que mais me surpreendeu, mas a altivez e arrogância nas suas palavras, e o pior, é que revelaram amargura interior. Um estado espiritual abalado!

Assim que terminei, dei-lhe o artigo em mãos, que havia imprimido. Ela olhou para mim com um olhar frio, e perguntou o que era para fazer, ao que respondi: É para ler e fazer o seu comentário. Ela disse: Tudo bem. Agradeceu e virou costas.

Chamei-a novamente, e mostrei-lhe que aquela forma de agir não era a mais correcta. Perguntei-lhe o motivo das suas respostas na “ponta da língua”, e pedi-lhe para que olhasse para dentro de si e analisasse o seu proceder e postura.

A sua reação foi novamente ríspida, e logo se pronunciou dizendo que Deus sabe da sua comunhão com Ele. Olhei bem profundamente dentro dos seus olhos e fi-la mais uma vez avaliar o seu estado.

Diante deste quadro, cheguei a uma conclusão: De que adianta, vestir um uniforme tão bonito, ter uma aparência tão aprumada, mas as palavras que saem de dentro serem tão “feias”?

Seja sincera, como é que alguém pode ajudar outro alguém, quando age dessa forma com os que são da família da fé?
Porque, às vezes, você até é muito dócil e receptiva com quem vem pela 1ª vez à igreja, mas com a sua companheira de Guerra, revela-se seca e ignorante.

Eu pergunto: Esse é o Espírito de Deus?

Para ser mais direta, a pessoa que é desta forma, é religiosa e hipócrita.

Cuidado, obreira, com o seu proceder… Isso demonstra falta de vigilância e de comunhão com Deus! Pois, como pode uma pessoa dizer que ama a Deus – que não vê – e ser arrogante com o seu irmão, que vê?!

Siga-nos: http://www.facebook.com/obreiros.em.foco.europa