O Normal e a Resistência

Viviane Freitas

  • 10
  • Out
  • 2011

O Normal e a Resistência

  • 10
  • Out
  • 2011

Muitos pensam estar vivendo pela fé. Até pensam que são batizados com Espírito Santo, porém sua conduta não é verdadeira.

É uma mentira. Como assim?

Não é que fale mentira, mas vivem uma vida mentirosa e egocêntrica. Só existem os problemas pessoais, e nada mais. Não existe tempo para dar a Deus. É muito cansativo ou desgastante servir, pois tem suas próprias coisas para resolver. Enfim, não existe tempo suficiente para algo que não tem valor nenhum aos seus próprios olhos.

Vivem de casa para o trabalho, e do trabalho a igreja, aqueles dias já determinados por ela. Porém, não é porque quer algo mais de Deus, mas porque tem medo do “azar” que tinham antes de conhecer a Deus.

E no mais… estão convencidas de que estão indo bem. Não se sentem mal ou necessitadas de ouvir, mas sim de falar ou de fazer prevalecer a sua vontade.

Não há tempo suficiente no dia para ouvir a Deus. Não vê a necessidade disso pois, como está na igreja, isso lhe basta para sobreviver.

O pior é que ela consegue se encaixar com algumas pessoas mundanas, sendo silenciosamente influenciadas pelas palavras persistente e pelo ponto de vista secular.

Na sua concepção, ela está bem consciente da verdade, que dá a sensação de controle da sua própria auto confiança.

Atenção, essa autoconfiança , é o “rico abastado”. Não te faz dependente de Deus.

No próximo blog dou mais provas do por quê ela não é batizada com o Espírito Santo.