Jejum pelo mais importante – 17º dia

Viviane Freitas

  • 9
  • Abr
  • 2013

Jejum pelo mais importante – 17º dia

  • 9
  • Abr
  • 2013


O Espírito Santo – desperta

“O Senhor despertou o espírito de Zorobabel, filho de Salatiel, governador de Judá, e o espírito de Josué, filho de Jozadaque, o sumo sacerdote, e o espírito do resto de todo o povo; eles vieram e se puseram ao trabalho na Casa do Senhor dos Exércitos, seu Deus, ao vigésimo quarto dia do sexto mês.” (Ageu 1:14,15)

Complementando o que falámos ontem, o Espírito Santo provoca em nós um despertamento, mas também transfere a outros essa realização. Como na passagem de Ageu, que o espírito de todo o povo, igualmente despertou.

O Espírito Santo não permite que fiquemos indiferentes aos nossos erros e falhas. Ele mostra com clareza e exatidão, tudo aquilo que O tem atrapalhado de agir em nossa vida.

 “… eles vieram e se puseram ao trabalho na Casa do Senhor dos Exércitos, seu Deus…”

Quando Deus nos desperta, há uma disposição individual, que não carece de insistência divina ou humana. O Espírito Santo desperta e anima; concede disposição.

Não sou eu que a provoco em si, mas o próprio Espírito Santo.

A partir desse momento, sabe o que fazer. Possui um objetivo e está definida.

É chegada a hora de tomar atitudes, pois quem despertou, age! Quem não despertou ainda, continua a depender de terceiros.

Nada mais há a dizer, amiga internauta. Fique com Deus.

Amanhã voltaremos!