Intolerância

  • 28
  • Mar
  • 2012

Intolerância

  • 28
  • Mar
  • 2012

Geralmente a pessoa intolerante, é demasiadamente justa. Ela não suporta o erro que vê nos demais.

Acaba por ficar só, e ter todos contra ela. Por isso, ela não faz amizades, não é agradável e nem soa que está errada para si própria.
Ela tem a ideia fixa na sua cabeça de certas coisas e quando é contrariada, ela logo mostra com a sua cara. Não importa quem a vê, pois ela também não consegue mostrar algo contrário ao que sente.

Ela não usa nenhuma máscara para disfarçar a sua insatisfação porque ela é justa em não camuflar quem ela realmente é .

Fica difícil para tal pessoa ser maleável, porque a sua forma de ver as coisas a faz ter toda “razão”. Ela se vê como a única justa, ainda que as consequências de sua forma de ser lhe sejam prejudiciais.

Por que é tão difícil mudar o seu jeito de ser?

Porque ela se vê como a que tem direitos para defender a sua idéia, então ela erra incansavelmente até chegar à conclusão de que é preciso odiar seus erros.

Ela é justa para defender os seus sentimentos mas não a fé que professa.

A Bíblia diz: O meu justo viverá pela sua fé.

 Não é: O meu justo vive pelo o que sente

E nem: Vivo pela fé através de ser justa para mim mesma.

Há que ser justa para Deus e não para mim.

A justiça do homem consiste em vingar, pagar o mal com o mal, a defender e lutar pelo que sente e não pelo que crê.

Então amiga leitora, verifique que justiça você tem defendido, a sua ou a de Deus?