Experiência: Quando Deus diz SIM para você

Sara Zanon

  • 13
  • Dez
  • 2014

Experiência : Quando Deus diz SIM para você

  • 13
  • Dez
  • 2014

Depois do segundo não, segui investindo naquilo que havia aprendido…


Eu precisava cuidar de mim, então comecei a reparar em tudo o que eu fazia e sentia, e a medida que ia me descobrindo, (e acreditem, isso não é fácil, sempre pensamos que somos boazinhas, mas quando passamos a ver nosso interior, acabamos por nos decepcionar, em ver a quantidade de coisas feias que carregamos), ía trabalhando para arrancar tudo o que era contrario a Deus ou a minha fé.

Calma! Lembra!? Quando detectamos um problema, encontramos também a oportunidade de desenvolver e nos tornarmos melhor, por isso, essas descobertas não eram um peso.

Eu estava tão feliz, seguia aguardando o dia em que a minha oportunidade iria chegar… até que um telefonema muda tudo. Nós fomos transferidos da Espanha, no dia a seguir àquele telefonema já tínhamos que estar no novo País…

Regressamos a Portugal, e agora? Aqui as Esposas já estavam terminando o Rush, não havia mais como eu entrar naquele ano, então eu falei apenas uma coisa para Deus:

– Olha aqui meu Deus, o Senhor sabe que eu amo cuidar das pessoas, sempre foi por isso que eu quis entrar no grupo, porém agora, não é apenas pelos outros, é principalmente para mim, eu quero e preciso ser mais para ti, então não estou nem aí se aqui em Portugal já está terminando o Rush, está nas Tuas Mãos, já não é problema meu.

E realmente já não era, eu não podia fazer nada a respeito, por isso, entreguei sem reservas ou preocupações, para Deus, a situação que eu estava vivendo.

Um mês depois, quando eu menos esperava eis que surge uma pergunta:
– Você ainda quer fazer parte do Godllywood?
– Sim!
– Então peça a todas as Esposas da Espanha para escreverem um e-mail contando o que elas aprenderam com você, enquanto esteve lá, e depois dessas cartas decidimos se você entra para o Grupo ou não.

Fiz conforme foi pedido, e aguardei confiando… lembro-me até hoje de cada carta, depois da 22ª recebo uma mensagem no meu Skype: a partir de hoje você é uma Big Sister.

Dá para acreditar?! Eu queria ser uma Pledge (pessoa que faz parte do grupo, e é cuidada pela Big Sister), e olha o que Deus fez!

Porque hein!? Talvez seja a sua pergunta, e foi a minha na altura também.

Deus só nos confia a responsabilidade de cuidar de outras pessoas, quando entendemos que nós também precisamos ser cuidadas.

As Tarefas não são apenas para cumprirmos com um papel, mas para trabalhar em nós de dentro para fora, não se constrói uma grande obra de um dia para outro, é preciso o alicerce, as colunas, os tijolos, tudo isso exige trabalho, e só consegue admirar a Obra concluída, quem se dispõe a trabalhar intensamente por isso.

Agora eu lhe pergunto, o que você quer? Apenas dizer que faz parte do grupo, ou ser trabalhada por Deus, e amadurecer a cada dia por dentro e por fora?

Esse grupo nada tem a ver com usar saia e tirar fotografias, se trata de Desafio, renuncia e conquistas.

Está disposta a isso?

Então o Goddlywood é para você.

Se quer saber mais a respeito desse trabalho, escreve para mim, ou procure a Esposa do Pastor do Centro de Ajuda mais perto de si.

Tudo o que você ler aqui, a partir de agora, cada experiência, luta, dificuldade e vitória, se deve ao meu início lá atrás, no dia em que eu decidi me ver como alma, alguém que precisa crescer e desenvolver… O dia em que eu recebi o primeiro Não, que mudou a história da minha vida.

Bem, o que será que acontece depois de tudo isso? Oh ohhh, você nem imagina…

Até a próxima 😉