Carina Dias

Viviane Freitas

  • 30
  • Out
  • 2012

Carina Dias

  • 30
  • Out
  • 2012

Tapando o sol com a peneira

“Ainda não tenho uma foto contigo!” Ouvi eu, naquela manhã, e alegrei-me muitíssimo. Afinal, não é todos os dias que algo assim acontece…

Ali estávamos nós, onde João Batista, em pleno deserto, sem condições; sem multidões, num lugar estéril e difícil, anunciava a verdade…

Mas essa verdade é dura e, por isso, muitas vezes temos que estar onde não há ninguém que possa interferir ou impedir que ela seja ouvida e compreendida… ou seja, sós!

Ainda que rodeadas com tantas tarefas diárias a cumprir, com tantas pessoas para ajudar, tem que haver o tempo em que olhamos para nós.

Foi justamente esse convite que recebi da sua parte, amiga Vivi, no último dia da viagem a Israel. Com a transparência em compartilhar a sua experiência naquele lugar tão maravilhoso, levou-me a analisar o motivo de estar longe do meu país; do lugar onde já estava acostumada, para conseguir perceber em ‘quê’ ou ‘quem’ estava me apoiando, do quê ou de quem realmente estava a depender!

Conclusão: Já me estava a acostumar ao novo lugar; às novas circunstâncias, apoiando-me em novas coisas e pessoas, sem realmente ter passado pela dor de estar sozinha. Evitava-a, para não ter que olhar para dentro de mim, ainda que achasse que já o tinha feito…

As suas palavras ficaram plantadas em mim, mas demoraram a dar frutos pela dureza dessa terra. O meu coração orgulhoso e acomodado; preguiçoso e enganoso, que sempre me quis fazer ‘sentir’ bem, sem nunca procurar dentro de mim essas ‘areias’, pequeninas que me atrapalham e me impedem de querer usar a cabeça e pensar, avaliar a minha vida perante Deus e não perante os que me cercam!

É mais fácil dizer: ‘Ah, mas eu dependo de Deus… a minha vida está no Altar!’ Mas então, porque é que cada vez que eu sou colocada à prova, eu temo, eu acho logo que não vou ser capaz? É porque não tem havido dependência d’Ele! E isso tem que ser resolvido… chega de ficar tapando o sol com a peneira…

Beijinhos