Aprendendo e Ensinando

Josiane Boccoli

  • 19
  • Jun
  • 2015

Aprendendo e Ensinando

  • 19
  • Jun
  • 2015

Sempre que viajamos, eu mostro ao meu filho vídeos na internet do lugar para onde iremos, fotos das pessoas com quem estaremos, transmito-lhe o que faremos nos dias em que estivermos lá e etc.
Tudo para evitar que ele se estresse com as mudanças e evitar que esteja ansioso. Mas pela primeira vez, viajámos esta semana sem saber muitos detalhes, não sabíamos onde ficaríamos, com quem estaríamos, como seriam os nossos dias e se teríamos tempo para passear com ele ou não.

Sabíamos somente o nosso destino. Com isso, não pude preparar o meu filho como sempre faço e confesso que este vazio de informações mexeu até comigo, que sempre gosto de me organizar.

Diante de tantas incógnitas, decidi orar, afinal, eu não sabia como seriam os nossos dias, mas Deus sabia! Decidi pela primeira vez ensinar o Gabi a confiar os seus dias a Deus; juntos orámos, expliquei-lhe que viajaríamos sem saber de nada, porém que se confiássemos que o Nosso Senhor, que conhece o nosso coração e todas as nossas necessidades, cuidaria de tudo, assim Ele faria, e que até poderíamos não fazer o que desejássemos, mas que seriam dias perfeitos!

E juntos dissemos “Amém! Nós cremos!”

Confiámos, não ansiámos por nada e todas as vezes que nos deparávamos com uma pergunta sobre: “O que faremos após?” , olhávamos um para o outro e nos lembrávamos de confiar que Deus estava no controle.

Afinal, não foi assim que o Senhor Jesus fez connosco?

Ele nos disse :

“Não vos inquieteis, pois, pelo dia amanhã.” (Mt.6:34)

Aprendi que nós até podemos ajudar os nossos filhos organizando os dias deles e preparando-os para certas situações que provavelmente passarão, sendo assim eles terão dias melhores e organizados, porém, se lhes ensinarmos a entregarem os seus dias, as suas ansiedades e os seus planos a Deus, confiando que Tudo Ele fará da melhor forma, eles serão mais do que uma pessoa organizada… serão dependentes do Altíssimo!

Os nossos dias foram assim, perfeitos. Desde a nossa saída até à nossa chegada, vimos Deus em tudo, e somos gratos por mais este aprendizado.

Lição aprendida, decidi todos os dias orar com o meu filho, ensinando-o a entregar o seu dia e depositar a sua confiança em Deus. Que tal nos acompanharem?