151 – 85º Dia | Ser O Testemunho

Viviane Freitas

  • 28
  • Abr
  • 2017

151 – 85º Dia | Ser O Testemunho

  • 28
  • Abr
  • 2017

28 de Abril | Sexta | João 18.5-6

Responderam-lhe: A Jesus Nazareno. Disse-lhes Jesus: Sou eu. E Judas, que o traía, estava com eles.
Quando, pois, lhes disse: Sou eu, recuaram, e caíram por terra.

O que deve fazer antes de ouvir o audio? Clique aqui.

Olá a todos os internautas, é um prazer estarmos juntos.

Hoje nós vamos dar continuidade ao que nós falamos ontem, sobre quando Jesus sabia de tudo o que ia acontecer com Ele e Se adiantou; Ele sabia que ia ser pego, Ele sabia que ia ser levado, julgado e crucificado… E mesmo assim Ele se adiantou e perguntou àqueles que estavam à Sua procura, quer dizer, Jesus foi até eles e perguntou: “A quem buscais…”, e hoje nós vamos falar do versículo 5 ao 6.

“Responderam-lhe: A Jesus nazareno. Disse-lhes Jesus: Sou eu. E Judas, que o traía, estava com eles.
Quando, pois, lhes disse: Sou eu, recuaram, e caíram por terra.”
(Jo.18:5-6)

Veja, minha amiga internauta, que eles estavam de pé quando estavam à “caça” do Senhor Jesus, e quando Jesus lhes disse: “Sou eu”, fala muito comigo, e porquê?

Porque o “ser” do Senhor Jesus estava definido a honrar o Pai! O Senhor Jesus estava definido, tanto que Ele Se adiantou para ser encontrado por aqueles que O perseguiam; Ele mesmo Se deu a conhecer para Se entregar, porque era chegada a hora… E Judas, que o traíra, estava com Ele.

Perceba, minha amiga internauta, aonde vai parar aquele que não olha para sua alma, mas que enxerga apenas a sua ambição pessoal e egocêntrica…
Um dia, quando eles rejeitarem, quando eles decidirem sair de perto do Senhor Jesus, eles vão-se juntar àqueles que querem matá-Lo! Veja como é a situação, pois quando você não repara a sua alma, certamente não aceita a Palavra de Deus, porque a Palavra de Deus não é para eu reparar os outros, mas para eu reparar a minha alma e para cuidar da mesma.

E quando é que vou cuidar da alma das outras pessoas? Quando o Espírito Santo trabalhar em si e você se tornar o testemunho vivo; então você vai poder falar do que Ele fez na sua vida, e não com teoria, mas daquilo que houve, da prática do exercício da fé… isso é o que você vai testemunhar! Fora isso, você vai falar da teoria, e é o que muitas pessoas estão fazendo: Estão tão preocupadas em ensinar, em aparecer e mostrar o quão “santas” são, que não estão preocupadas em reparar a si próprias.

Para você “Ser o Testemunho”, não tem outro jeito senão olhar para dentro de si. Não importa qual seja a sua posição, o que importa é a sua alma. Assuma quem você é!

“Quando, pois, lhes disse: Sou eu, recuaram, e caíram por terra.”

O Espírito do sacrifício, que é uma definição pessoal por aquilo que se crê, em honrar a Deus, faz com que aqueles que têm o espírito do diabo, recuem e caiam. Enquanto eles estão perseguindo, estão de pé, mas quando enfrentam e ouvem o Senhor Jesus dizer: “Sou eu”, quando Ele assume e encara, quando Ele está disposto diante do diabo, eles recuam e caem!

Porque embora fossem homens que estavam à procura Dele para o prenderem, julgarem e crucificarem, o Senhor Jesus estava ali diante do diabo, dizendo: “Não importa o que você, diabo, vai fazer diante dos olhos humanos, mas eu vou cumprir aquilo para que eu fui chamado! Eu estou aqui e eu não me vou render, eu não me vou entregar, eu não vou escolher a opção de me esconder, mas vou assumir essa crença, vou assumir a minha obediência ao Pai, dando a minha vida!”.

Quando Ele disse: “Sou eu!!”, o diabo recuou e caiu por terra!

Minha amiga internauta, quando você assume esse “Sou eu”, e vai fazer o que tem de ser feito, não importa o “preço” que vai ter de pagar para servir esse Deus. Como foi com o Senhor Jesus: “E ainda que eu me separe do meu Pai; ainda que pela primeira vez na minha vida, eu fique distante Dele, por conta do pecado da humanidade, eu vou pagar o preço! Em prol da obediência ao meu Pai, eu me rendo a Ele.”

Minha amiga internauta, veja aqui a fé, a crença! E a crença não é teoria, a crença não é “o que eu sei” ou “o que eu ouço falar”, não! A crença é a definição! É enfrentar aquilo que tem que se enfrentar, custe o que me custar!
Foi isso que Jesus fez, minha amiga internauta: Ele assumiu!

Talvez você diga, como eu pensava também: “Como o Senhor Jesus veio aqui à Terra, como Ele era perfeito, não tinha de exercitar a fé”. Mas Ele exercitou a fé! E veja que o diabo sabia que Jesus estava ali em obediência ao Pai!

A Bíblia fala que o Senhor Jesus aprendeu das coisas que sofreu, então quer dizer que Ele exercitou a fé. Quando nós aprendemos, nós exercitamos a fé.

Minha amiga internauta, repare a sua fé: Será que você está definida? Será que você está disposta a realmente “Ser o Testemunho”?

Pois para você Ser o Testemunho, você tem de ser verdadeira, custe o que custar… Ser removida de obreira, da sua posição, não importa! O que importa é eu assumir esse Deus verdadeiro, é eu aceitar a Sua Palavra, é me submeter ao Seus mandamentos, é reconhecer quem eu sou, é reparar a realidade da minha vida.

Minha amiga internauta, se você está realmente disposta a assumir essa fé, pode ter certeza que você está definida! E a definição é assim: Você estar disposta ao que for, o que pagar, o que vai acontecer amanhã ou depois, pois é da sua responsabilidade “pagar o preço”, mas também há uma certeza dentro de você!

Eu sei o que é isso, pois quem está definida na sua fé, sabe a paz, a alegria que isso causa, porque quando você não está definida, fica inconstante, cheia de duvidas, é martirizada por aquilo que você deixou de fazer, pelo que os outros pensam de si, ou seja, não há uma definição da sua própria fé.
Mas quando você assume, quando repara e assume a sua fé, você encara o que tem de ser feito! Pense sobre isso e participe aqui com os seus comentários, e será um grande prazer saber de você.

Um grande abraço e até segunda-feira

Série: Ser o Testemunho